Björk faz textão no facebook e denuncia o sexismo existente na indústria musical

0

Björk veio a público falar sobre um assunto que (infelizmente) já não é mais nenhuma novidade: o sexismo presente na indústria musical e nos veículos de comunicação.

Tudo começou quando a DJ de 51 anos se apresentou no Festival “Day For Night” em Houston na semana passada. Ela disse que alguns veículos de comunicação questionaram o motivo pelo qual ela estava se “escondendo” atrás da cabine de DJ mas em nenhum momento mencionaram a mesma atitude advinda dos outros DJs do evento (que eram homens).

Eu acho que isso é sexismo. Que, aliás, em pleno fim de 2016, é algo que eu não vou deixar passar despercebido.

A cantora foi ainda mais longe e criticou o fato de que as mulheres da indústria só estão permitidas a falarem sobre relacionamentos em suas músicas.

As mulheres na indústria da música estão autorizadas a canterem sobre seus namorados, mas se elas mudam o conteúdo da canção pra átomos, galaxias, ativismo, matemática ou qualquer outra coisa que não seja sobre seus relacionamentos, elas são criticadas. Os jornalistas devem achar que fica algo faltando.. como se nossa única linguagem fosse a emotiva.

Apesar de ter chamado a atenção pra esse assunto, Björk aproveitou o momento pra desejar a todos um feliz natal e desejou que em 2017 esse tipo de coisa não se repita.

Confira a publicação completa da islandesa abaixo:

Comentários

About Author

Idealizador, criador e redator-chefe do site. Pisciano de 22 anos, estudante de Publicidade e Direito (sim, duas graduações ao mesmo tempo) que faz o possível para manter e atualizar este portal.

Leave A Reply