Lana del Rey é vista saindo de Igreja com ideais anti LGBTQ+ e fãs criticam a cantora

 Lana del Rey é vista saindo de Igreja com ideais anti LGBTQ+ e fãs criticam a cantora

Na última terça-feira, dia 24, Lana del Rey e alguns amigos foram vistos saindo da igreja Hillsong, a maior igreja da Austrália que conta com mais de 19 templos espalhados pelo mundo.

Tida como um templo que propaga valores tradicionais com uma roupagem mais moderna, a igreja possui uma série de adeptos famosos, dentre eles Justin Bieber, Chris Pratt e, ao que parece, até mesmo a brasileira Bruna Marquezine.

O grande problema desse rolê espiritual de Lana está nas crenças e nos ideais propagados por essa doutrina religiosa, que, como já noticiado várias vezes em diversos canais de comunicação em todo o mundo, defende ideias como a da cura gay.

Grande parte da fã-base da cantora é LGBTQ+ e a visita da cantora ao culto acabou gerando uma discussão muito grande em toda a internet.

https://twitter.com/LanaDelLovers/status/1088564737280040960

Tem gente criticando, mas também tem gente defendendo

Muito embora a maioria das pessoas estejam criticando a cantora, há quem defenda Lana sob os argumentos de que todas as religiões que seguem a bíblia cristã criticam o modo de vida LGBTQ+, e que a escolha da cantora em frequentar a igreja e exercer a sua fé não deveria ser motivo para boicote à interprete de Blue Jeans.

Alguns ainda levantam a hipótese da cantora não saber dos escândalos envolvendo a igreja, e outros lembraram de eventos beneficentes que a cantora fez em prol da comunidade LGBTQ+.

https://twitter.com/unlovelyed/status/1088643797167288321

E você, o que acha de toda essa situação? Conta pra gente aí nos comentários ou lá no nosso post do Instagram.