Lana del Rey está sendo processada pela banda Radiohead por plágio

96

Não demorou muito até que surgisse a primeira treta de 2018. Desta vez os envolvidos são a cantora Lana del Rey e a banda Radiohead.

Segundo jornal The Sun, a banda acusa Lana de plagiar a canção “Creep” na música “Get Free”, presente em “Lust For Life”, mais recente álbum de Del Rey.

Uma fonte revelou ainda que ambos estariam tentando resolver a questão extrajudicialmente para que não haja a necessidade de levá-la ao judiciário:

A gente sabe que a galera do Radiohead quer que a banda receba uma compensação ou que eles sejam creditados na lista de compositores para que possam receber os royalties da música

Atualmente a música credita apenas Lana, Kieron Menzies e Rick Nowels.

No Youtube, a seção de comentários está recheada de posts comparando as duas canções onde alguns acreditam sim haver uma similaridade entre elas e outros acreditam não ter nada a ver.

Ouça as duas faixas nos reprodutores acima e diz pra gente a sua opinião nos comentários abaixo: é ou não é igual?

ATUALIZAÇÃO: Lana del Rey confirma que o caso será levado ao tribunal

A intérprete de “Lust For Life” acaba de publicar um tweet onde confirma toda a situação acima e informou ainda que, apesar de não ter se inspirado em “Creep” para compor “Get Free”, ofereceu 40% dos royalties para a banda, mas a mesma rejeitou pois exigia 100%.

É verdadeira a história do processo. Apesar de saber que minha música não foi inspirada em “Creep”, o pessoal do Radiohead sentiu que ela foi e queria 100% dos rendimentos – eu ofereci até 40% sobre os últimos meses mas eles só aceitariam se fosse 100. Os advogados deles são bastante inflexíveis, então teremos que lidar com isso nos tribunais.

Comentários

About Author

Idealizador, criador e redator-chefe do site. Pisciano de 22 anos, estudante de Publicidade e Direito (sim, duas graduações ao mesmo tempo) que faz o possível para manter e atualizar este portal.

96 Comentários

  1. Sinceramente, adoro Lana e Radiohead, mas uma coisa é fato: A progressão, por mais que seja muito parecida, tendo como marca característica do final de cada compasso a passagem de Dó maior pra dó menor, MAS, não dá pra esquecer que a melodia é a mais simples possível né? Super plausivél de ser copiada por basicamente usar as escalas dentro dos tons usando como ponto de partida o próprio acorde… Eu não diria plágio, e sim inspiração, e o refrão tá muito diferente!