Rina Sawayama consegue mudar regras do BRIT Awards

Rina Sawayama consegue mudar regras do BRIT Awards

É o poder! Rina Sawayama conseguiu usar toda a sua influência e coerência para mudar algumas regras de grandes premiações britânicas como o BRIT Awards e o Mercury Prize.

Se você ainda não sabe o que está acontecendo, a gente te explica.

Rina Sawayama, sem qualquer dúvida, foi um dos maiores destaques no continente Europeu com o lançamento do seu primeiro álbum de estúdio, o “SAWAYAMA”, sendo considerado pela crítica um dos melhores álbuns do ano de 2020.

Acontece que, embora todo esse reconhecimento tenha sido evidenciado, a cantora não pôde receber nenhuma indicação às premiações no Reino Unido pelo simples fato de não ter nascido no país (ela nasceu no Japão).

Rina mora no UK há 25 anos, ou seja, desde que era criança, e em diversas ocasiões já disse que nem ao menos se lembra de ter vivido em outro lugar, mas segundo as antigas regras destes eventos, a cantora não poderia ser nomeada porque não é legalmente britânica.

“É difícil eu ficar chateada a ponto de chorar, mas dessa vez eu chorei”

Rina Sawayama

Campanha #SAWAYAMAISBRITISH

Logo após toda essa situação, uma campanha em apoio à cantora se iniciou na internet, dando início à hashtag #SAWAYAMAISBRITISH, que em tradução para o português significa “Sawayama é britânica”.

Muitos veículos e artistas se solidarizaram com a dor da cantora, e apoiaram a causa, questionando estes eventos sobre essas regras tão rígidas.

Um ano após toda a confusão, a cantora pôde finalmente comemorar uma conquista da sua luta com a informação de que esta regra que a impedia de ser nomeada foi modificada, e agora está elegível para ser prestigiada nestas premiações a partir deste ano!

Segundo ela, as novas regras incluem nos critérios de elegibilidade artistas que residam no Reino Unido por pelo menos 5 anos.

Ficamos muito felizes por isto! E vocês? Contem pra gente nas nossas redes sociais.

Não se esqueça de seguir e de acompanhar o INDIE POP no Instagram e no Twitter. É só buscar por @indiepopbr por lá para nos encontrar.