Após ser injustiçado, The Weeknd promete boicote eterno ao Grammy

Após ser injustiçado, The Weeknd promete boicote eterno ao Grammy

Segundo o tabloide The New York Times, o intérprete de “Blinding Lights”, The Weeknd, prometeu fazer um boicote eterno à uma das maiores premiações do mundo, o Grammy Awards.

The Weeknd tomou a decisão de nunca mais encaminhar suas músicas para serem submetidas ao Grammy logo após ser ignorado pela Academia por ter escolhido se apresentar no Halftime Show do Super Bowl.

Se você não está entendendo o que tá rolando, calma que a gente te explica.

Antes mesmo de anunciarem o adiamento do Grammy para o dia 14 de março, a organização do evento já estava ciente de que esse reagendamento seria inevitável, e exigiram que The Weeknd não mais se apresentasse no Super Bowl com medo que as duas performances fossem parecidas.

A equipe de The Weeknd tentou manter os dois convites das apresentações, mas com a recusa em desistir do Super Bowl, a Academia do Grammy decidiu boicotar o cantor ao não indicá-lo em absolutamente nenhuma categoria nesta edição de 2021, mesmo o seu álbum “After Hours” ter sido, sem qualquer dúvida, um dos mais aclamados pela crítica e pelo público em 2020.

Todo esse problema se tornou público porque o cantor, em suas redes sociais, desabafou e expôs a situação dizendo que o ele e a organização do evento estavam planejando em parceria como seria a sua apresentação no evento, mas do nada recebe a informação de que não foi indicado em nenhuma categoria, chamando-os de corruptos.

O empresário de The Weeknd, Wassim Slaiby, disse que também não entendeu a falta de indicações no Grammy. “Passamos várias semanas e fizemos dezenas de ligações com a equipe do Grammy sobre a apresentação de Abel até o dia em que as nomeações foram anunciadas. Estávamos muito confusos e queríamos respostas”.

Desde então, a relação entre o cantor e a premiação se viu balançada, e alguns meses depois, para o The New York Times, The Weeknd disse que não mais permitirá que suas músicas sejam encaminhadas à Recording Academy por entender que o comitê e todo o sistema é corrupto.

Sobre a situação, o Grammy negou que a falta de indicações de The Weeknd tenha ocorrido em razão do show do intervalo do Super Bowl, afirmando que as votações para a escolha dos nomeados aconteceram antes que a sua performance para a liga de futebol estadunidense fosse anunciada, e que o que aconteceu de fato foi que ele simplesmente não recebeu votos suficientes para concorrer em nenhuma categoria.

O que vocês acham de tudo isso?

Se você chegou até aqui, não se esqueça de seguir e de acompanhar o INDIE POP também nas redes sociais. É só buscar por @indiepopbr no Instagram e no Twitter para nos encontrar.

Estamos te esperando por lá, ok? :)